Polícia coreana prende suspeitos por atrair brasileiras para prostituição

Vítimas eram enganadas com promessas de se tornarem idols de K-POP.

O departamento de Polícia de Ilsan, na província de Gyongi, prendeu 5 pessoas acusadas de forçar brasileiras à prostituição. Um dos suspeitos, um homem de 40 anos, é acusado de adicionar jovens brasileiras em redes sociais e convencê-las da possibilidade de se tornarem estrelas do K-POP.
O homem então pagava as passagens das moças que, ao chegarem na Coreia, eram forçadas a se prostituirem.

A organização criminosa foi desmantelada, aparentemente, quando uma das moças conseguiu quebrar a segurança do cativeiro e denunciar a situação para a embaixada brasileira em Seul.

Fonte: MBCnews