Jung Joon Young e Choi Jong Hoon são condenados por estupro

Jung Joon Young, Choi Jong Hoon e outros três indivíduos foram condenados nessa sexta por estupro agravado (termo usado para classificar crimes nos quais houveram dois ou mais culpados). Nessa sexta-feira (29), o juiz  Kang Sung Soo da Corte Central do distrito de Seul deu o veredito contra os cinco acusados.

Conforme já informamos aqui, o caso ocorreu em 2016 e a vítima apenas resolveu investigar sua suspeita após as investigações que revelaram que Jung Joon Young compartilhava vídeos íntimos filmados sem consentimento. Após uma conversa com Bang Jung Hyun – advogado responsável pela submissão do conteúdo dos chats para as autoridades – na qual pôde confirmar que haviam registros do crime, a vítima formalizou sua denúncia e o caso começou a ser investigado.

Jung Joon Young foi condenado a seis anos de prisão (um a menos do que havia sido pedido inicialmente pela acusação) e Choi Joon Hong a cinco por de violência sexual contra um indivíduo incapaz de resistir. Eles também foram acusados pela filmagem e compartilhamento de conteúdos íntimos.

Além disso, terão que fazer 80 horas de um programa de reabilitação para presos por violência sexual e terão restrições de não puderem trabalhar em nenhuma instituição com crianças ou adolescentes por cinco anos. A promotoria entrou com um pedido para colocar os cinco réus sob proteção, mas o pedido foi negado.

Fonte: 1, 2
Não retirar sem os devidos créditos.